Assessoria-Esportiva-MTeam

notícias

Treinamento de ciclismo na chuva

Triatlhon-Assessoria-Esportiva-Márcia-Ferreira-Triathlon-MFTeam
Triatlhon-Assessoria-Esportiva-Márcia-Ferreira-Triathlon-MFTeam

6 dicas para você treinar na chuva em segurança

Um dos principais problemas para os ciclistas durante os treinamentos é a chuva. No entanto, não é necessário desistir do pedal por conta disso. Basta dedicar mais atenção à superfície molhada e seguir algumas recomendações básicas para evitar problemas ao treinar na chuva.

Para isso, conversamos com o ciclista Luiz Felipe Fialho, que no ano passado foi campeão da Copa VO2 e terceiro colocado no L’Etape Brasil. Ele dá algumas dicas para aqueles que não dispensam treinar na chuva.

Pneus: são o principal contato da bike com o solo. Por isso, deixá-los com algumas libras a menos ajudará a aumentar sua aderência ao piso molhado. Porém, é preciso saber dosar, pois quanto menor a pressão, maior a resistência à rolagem — menor a velocidade — e maiores as chances de o pneu furar ao passar por buracos e outros obstáculos.

Frenagem: nunca deixe para frear na última hora, pois no piso molhado a queda é iminente. Além disso, tome muito cuidado com o freio da frente, pois se a roda dianteira travar, você perderá o controle da bike e o tombo será fatal. Procure usar mais o freio traseiro e lembre-se de projetar o corpo para trás, proporcionando maior aderência ao respectivo pneu.

Rodas: evite o uso de rodas com aro de carbono, que perdem muito a eficácia de frenagem quando molhadas, por conta do menor atrito em relação às sapatas. Opte pelas feitas de alumínio ou por modelos de carbono com aro de alumínio.

Curvas: se você não é experiente, não tente ser rápido em curvas na chuva. O risco de a bike escorregar no asfalto nessa hora é grande — e uma vez perdido o controle… A frenagem nunca deve ser feita durante a curva, mas bem antes de entrar nela, e usando o freio traseiro — o dianteiro, nem pensar!

Faixa: fique atento a faixas de sinalização e coberturas metálicas (grade de bueiros e afins) pela rua, que se tornam extremamente escorregadias quando molhadas. Evite passar sobre elas. Mas se tiver de passar, nunca freie ou tente mudar de direção, nem utilize o freio dianteiro se precisar diminuir a velocidade.

Manchas: fique de olho em manchas coloridas no asfalto, já que elas indicam a presença de óleo. A primeira chuva depois de um longo período de estiagem é a mais problemática nesse sentido, já que muitas vezes ela só levanta a sujeira, mas não chega a limpar o asfalto.

Fonte: VO2 Bike/ativo.com

Gostou desse post? Então compartilhe com os seus amigos!
Share on facebook
Facebook
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on vk
VK
Share on twitter
Twitter
Share on telegram
Telegram
Share on email
Email
Deixe o seu comentário
Posts Relacionados
Últimos Posts

TREINUS

Consulte agora a sua planilha de treino e feedbacks.
  • Pesquisar

  • Categorias

  • lugar

TREINUS

Consulte agora a sua planilha de treino e feedbacks.
  • Pesquisar

  • Categorias

  • lugar