notícias

Triathlon

Como iniciar neste esporte?

O Triathlon é uma modalidade de esporte como qualquer outra com exigências físicas que devem ser analisadas previamente. Desta forma, algumas dicas importantes são de grande valia para se iniciar neste esporte:

  • Exames médicos necessários e análise postural para se detectar o tipo da pisada;
  • A busca de profissionais especializados que te transmita segurança e estrutura para os treinosno que tange às planilhas, como também na compra adequada do material a ser utilizado como bicicleta, acessórios e o calçado seguro;
  •  Iniciar com calma na escolha das distâncias, optando primeiramente por provas mais curtas com duas modalidades como o Biathlon ( natação/ corrida), Aquathlon ( corrida, natação, corrida) e duathlon ( corrida/ ciclismo/ corrida) trabalhando as transições e depois,  progressivamente partir para um short Triathlon (natação/ ciclismo/ corrida);
  • Antes de realizar a compra da sua primeira bicicleta, faça um “bikefit” com o objetivo de saber as medidas exatas que sejam compatíveis com o tamanho do quadro;
  • Vale lembrar que nem sempre pessoas como a mesma altura terão o tamanho idêntico de bicicleta;
  • Siga, fielmente, todas as orientações de um profissional qualificado. Este deve procurar de todas as formas, balancear apropriadamente o treinamento, no que tange ao volume, a intensidade e a recuperação para que haja uma boa progressão de performance sem que haja um stress físico ou psicológico com quilometragens absurdas ou intensidades excessivas, já que estes trabalhos necessitam de uma boa formação ou de uma boa estrutura diretamente dependente de um bom trabalho de base nas três modalidades.

Importância de uma boa transição – quarta modalidade no Triathlon

Em uma prova de Triathlon, principalmentenas distâncias mais curtas como o short e padrão  (olímpica), segundos representam  posições significativas no resultado final, desta forma considero a Transição a 4ª modalidade que deverá ser constantemente treinada por atletas de todos os níveis de condicionamento.

Para uma transição mais rápida e eficiente, segue algumas dicas importantes:

  •  Procure “lubrificar” as partes do corpo como pernas, punho e tornozelo para que consiga retirar a roupa de borracha com mais facilidade e sempre lembrando que existem produtos próprios que não danificam o material;
  • A retirada da roupa poderá ser muito mais rápida em pé, pisando sobre a mesma e com “chutes” que ajudem as pernas a ficarem facilmente livres;
  • Verifique também o cumprimento de perna da sua roupa que pode estar travando a retirada da mesma. O ideal é cortar adequadamente em um ângulo correto sem danificar.
  • Aqueles que costumam nadar de roupa de borracha ou peças como sunkini poderão facilmente nadar com o seu número de prova preso à cintura para ganhar tempo;
  • No ciclismo, as sapatilhas deverão ficar presas ao pedal de forma que ganhe segundos preciosos sem necessitar vestí-las na área de transição. Tudo isso deve ser treinado previamente;
  • Na corrida, esqueça o uso de meias, com exceção de provas de long-distance, para que a sua troca na segunda transição seja ainda mais rápida. Lembre-se que para não surgir bolhas inesperadas, utilize-se não só de um bom par de tênis, como também de produtos como a própria vasilina para proteger seus pés.
  • A utilização de elásticos ao invés de cadarços tornando a forma de calçar muito mais  rápida e segura para o desenvolvimento da parte de corrida.

Boa Sorte!

Márcia Ferreira

Gostou desse post? Então compartilhe com os seus amigos!
Share on facebook
Facebook
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on vk
VK
Share on twitter
Twitter
Share on telegram
Telegram
Share on email
Email
Deixe o seu comentário
Posts Relacionados
Últimos Posts

TREINUS

Consulte agora a sua planilha de treino e feedbacks.
  • Pesquisar

  • Categorias

  • lugar

TREINUS

Consulte agora a sua planilha de treino e feedbacks.
  • Pesquisar

  • Categorias

  • lugar